Conferência Nacional de Luta Contra o Golpe é adiada para o início de 2019

ok

O Partido da Causa Operária (PCO) e os Comitês de Luta Contra o Golpe comunicam a decisão de adiar a realização da 2ª Conferência Nacional Aberta de Luta Contra o Golpe e o Fascismo, que estava marcada para os dias 8 e 9 de dezembro.

Tem sido realizada uma ampla campanha nas ruas com a distribuição do jornal A Luta Contra o Golpe, a colagem de cartazes e a distribuição de adesivos. Além disso, está sendo articulada a organização de cada vez mais comitês e do movimento de luta contra o golpe. O PCO e os Comitês também têm participado de atos convocados pelo movimento popular contra a extrema-direita, sempre buscando aglutinar a militância para a luta fundamental que se insere na campanha “Fora Bolsonaro e todos os golpistas! Liberdade para Lula e todos os presos políticos”.

Dentre as atividades desenvolvidas destacam-se o enfrentamento, na prática, aos fascistas e golpistas. Em 12 de novembro, por exemplo, os Comitês participaram de uma manifestação de estudantes e professores no Colégio Pedro II, no Rio de Janeiro, na qual expulsaram membros do MBL que tentavam intimidá-los através da propaganda do programa “Escola Com Fascismo”.

No entanto, consideram que a mobilização ainda não está suficientemente desenvolvida, mostrando que os ativistas ainda estão se adaptando ao novo cenário político frente às eleições e a ascensão do governo Bolsonaro. É preciso mais tempo para os acontecimentos serem assimilados e a atividade dos comitês se desenvolver.

Ao invés de realizar uma atividade nacional centralizada nesta data, o PCO e os Comitês propõem a realização de conferências estaduais, como uma preparação para a Conferência Nacional, proposta para ser realizada no início de 2019, assim dando o necessário tempo/

Continue a acompanhar o dia-a-dia da luta contra o golpe no Diário Causa Operária e no portal lutecontraogolpe.com.br.

Comitês de Luta Contra o Golpe

Partido da Causa Operária