Siga o DCO nas redes sociais

Intensificar a mobilização
Conferência Nacional Aberta: participe com seu comitê!
A libertação de Lula foi uma vitória parcial, mas a situação na América latina ainda é muito crítica. É preciso organizar a militância de esquerda para combater a extrema-direita.
I conf
Intensificar a mobilização
Conferência Nacional Aberta: participe com seu comitê!
A libertação de Lula foi uma vitória parcial, mas a situação na América latina ainda é muito crítica. É preciso organizar a militância de esquerda para combater a extrema-direita.
I Conferência Nacional Aberta de Luta Contra o Golpe 7/2018 em São Paulo: arquivo DCO 2019
I conf
I Conferência Nacional Aberta de Luta Contra o Golpe 7/2018 em São Paulo: arquivo DCO 2019

Nos próximos dias 14 e 15 de dezembro, os Comitês de Luta organizarão em São Paulo a II Conferência Nacional Aberta, para fechar este ano de grandes batalhas, incluindo a vitória parcial com a libertação de Lula e com a onda de mobilizações no continente.

O evento terá como principal objetivo organizar os Comitês, que são o setor mais ativo do movimento operário, no combate à extrema direita. Neste momento de grandes mobilizações na América latina, reunirá toda a militância a nível nacional e definirá os próximos passos da luta contra o golpe, pela derrubada de Bolsonaro e todos os golpistas, por eleições gerais com Lula candidato e pela derrubada dos governos golpistas e direitistas em toda a América latina.

Todos os últimos acontecimentos demonstram que a luta deve ser organizada de conjunto contra o governo e o imperialismo, o que faz a realização de uma Conferência Nacional, que reúna todo o ativismo que luta contra a burguesia, tome proporções ainda maiores neste momento.

A luta pelo fora Bolsonaro é a continuação da luta contra o golpe de Estado que derrubou o governo da ex-presidenta Dilma Roussef (PT), destruiu direitos históricos dos trabalhadores e está liquidando a Economia nacional. Já a luta contra o golpe na Bolívia, na Venezuela, contra os governos impostos pelos EUA, como Moreno no Equador e Piñera no Chile, expressam a luta contra o imperialismo na América latina.

Por isso, o Partido da Causa Operária (PCO) despenderá todas suas forças para convocar uma grande conferência, levar as organizações populares, associações dos movimentos de luta pela terra, por moradia, e principalmente os sindicatos e os partidos de esquerda, para intensificar a mobilização no País, reforçando o levante popular no continente.

Colocar uma perspectiva clara de unificação de todas lutas em uma só: a luta contra o governos ilegítimos e golpistas no Brasil e em toda o continente latino americano e deliberar os próximos passos dos comitês para derrotar a direita e a extrema-direita golpista.

Como participar?

Em breve estará disponível o site do evento, onde será possível cadastrar-se e efetivar a inscrição pagando uma taxa para custear o evento. Na última conferência, o valor da taxa de inscrição foi de R$ 100,00 e deu direito aos materiais, ao almoço nos dois dias e alojamento. Também é possível se inscrever com os militantes do PCO e dos Comitês nos mutirões que ocorrem as quartas-feiras nas universidades e aos domingos em feiras e outros locais populares pelo país. Será, além disso, uma atividade de importância fundamental, onde pretendemos reunir milhares de pessoas, que sairão de diversas caravanas em todas as regiões do país. Já há representantes de diversos partidos que confirmaram presença, mas a ideia é agrupar elementos sobretudo das bases das organizações de esquerda brasileira para discutir as perspectivas políticas da luta contra o golpe de Estado no Brasil e em todo o continente latino-americano.