Demagogia Eleitoral
A Burguesia estimulo entre os candidatos a demagogia eleitoral
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
pco 2
Partido da Causa Operária | Foto: Reprodução

O grupo RBS, filial da rede Globo no Rio Grande do Sul, propôs aos companheiros do Partido da Causa Operária no estado mais especificamente na capital gaúcha Porto Alegre que o candidato a prefeitura da cidade redigisse um artigo de até 2.100 caracteres para repercussão em seus jornais impressos e online com o tema “Como estará Porto Alegre daqui 5 anos casos eu seja eleito”, típica manobra da imprensa burguesa para alimentar as campanha individuais, os candidatos de si mesmo e também alimentar entre a população a ilusão de que todos os candidatos, neste caso 13, tem condições de ganhar o pleito eleitoral.

De nossa parte não escreveremos nenhum artigo para fazer demagogia com a população, de que “Daqui 5 anos, caso eleito, todas as ruas de barro estarão asfaltadas, investimos “x” na saúde, “y” na educação” e toda a ladainha que o povo brasileiro está cansado de ouvir décadas a fio.

Nós, não temos e não alimentamos nenhuma ilusão nas eleições controladas pela burguesia, ainda mais em eleições realizadas 4 anos após um golpe de estado imposto pela burguesia contra um governo eleito democraticamente pela população e 2 anos após uma eleição realizada sem o principal candidato, aquele que a maioria do povo brasileiro queria votar Luiz Inácio Lula da Silva o qual permitiu a ascensão de um governo fascista e altamente impopular representado pela figura de Jair Bolsonaro.

Por tanto vamos ao que realmente importa, o Partido da Causa Operária vai as eleições para mobilizar a população, organizar os trabalhadores para defesa de seus interesses, entre eles:

1. Parar o genocídio

2. Fim do lucro com a doença, estatização da Saúde

3. Contra o desemprego e o rebaixamento salarial

4. Não à destruição do Ensino Público e ao retorno das aulas na pandemia.

5. Fortalecer a organização popular

6. Abaixo o parasitismo, que os capitalistas paguem pela crise

7. Ampliar a assistência à população

8. Abaixo a repressão, garantir os direitos democráticos de todo o povo

9. Fim da superlotação e da contaminação nos transportes públicos

10. Em defesa da Moradia, Reforma urbana sob o controle dos trabalhadores

11. Reforma agrária com expropriação do latifúndio

12. Abaixo a reforma fiscal da burguesia golpista

13. Fora o imperialismo do Brasil e da América Latina

14. Abaixo a ditadura, fortalecer organização independente da classe operária e das massas exploradas

15. Por um partido operário, revolucionário e de massas

16. Fora Bolsonaro e todos os golpistas e genocidas

17. Por um governo dos trabalhadores da cidade e do campo: Controle real da administração municipal através de conselhos
operários e populares com delegados eleitos em assembleias nos locais de trabalho, estudo e moradia convocadas pelas organizações de luta dos trabalhadores e da população explorada.

18. Diante da crise capitalista, pela expropriação da burguesia e pela vitória da revolução socialista. Fim da exploração do homem pelo homem, por um governo operário e camponês e o socialismo.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas