Vitória da revolução!
A vitória da Revolução Cubana demonstra sua firmeza no combate a pandemia, como mostra o relato em primeira mão da companheira Márcia Choueri, brasileira residente em Cuba.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
cuba
Monumento de Oscar Nyemaier em Cuba. |

A companheira Márcia Choeuri, brasileira residente em Cuba, nos passa um relato em primeira mão para o Diário Causa Operária para nós contar as medidas da ilha para combater a pandemia do coronavírus:

“Boa noite, companheiros. Quem fala é Márcia Choeuri, direito de Cuba.

Por esse ser o primeiro programa, decidi fazer uma rápida introdução. Apesar do feroz bloqueio econômico imposto pelos Estados Unidos da América há quase 60 anos, Cuba luta para conservar e ampliar as vitórias da revolução. Como já disse um jornalista brasileiro, se você quiser saúde, educação e segurança vá para Cuba… ele achou que estava criticando, mas ele tinha razão. Uma das maiores conquistas da revolução é sem dúvidas o sistema de saúde, que conta com uma medicina de qualidade, universal e completamente gratuita. Além da pesquisa e produção de medicamentos que é reconhecida no mundo todo.

Cuba consegue garantir essa qualidade, apesar dos efeitos do bloqueio, em grande parte pela formação do pessoal de saúde e pela distribuição de recursos. Que embora sejam escassos, eles distribuem de maneira a atender a todos. Quando falo de investimentos, não falo apenas dos recursos materiais, mas ao trabalho docente, ao sistema de ensino das faculdades de medicina, aos valores encucados nos jovens estudantes. Os pacientes dos médicos cubanos do extinto programa Mais Médicos, vão entender do que estou falando.

Agora eu vou falar da situação em Cuba em relação a pandemia do coronavírus que, todos sabem, está afetando e criando pânico no mundo todo. Até este momento a situação aqui é a seguinte: são 4 casos positivos, sendo três turistas italianos e um cubano, sendo este infectado pela esposa que estava em Milão, na Itália. Todos eles estão sendo cuidados e controlados. Enquanto aos internados agora para vigilância epidemiológica, 90 estrangeiros e 169 cubanos, no total 259 pessoas. Foram formados um grupo de trabalho, formado por ministros e o próprio Presidente da República, para estabelecer novas medidas e acompanhar o tempo todo sua aplicação e o surgimento de novos casos. A população é informada o tempo todo pela imprensa, sobre novos fatos e decisões.

Já foram tomadas medidas para enfrentar um possível aumento do número de casos. Entre elas, estão habilitadas 1442 leitos em 11 hospitais e em 887 centros de isolamento, além de 175 ambulâncias destinadas ao transporte de pacientes com suspeita da doença. Claro que esses números pode parecer pequenos para quem vive no Brasil, mas lembrem-se que Cuba tem uma população de pouco mais de 11 milhões de habitantes. Desde o surgimento do risco de epidemia, o governo e suas instituições estão alertando e esclarecendo a população por todos os meios: mídias, escolas, locais de trabalho sobre as medidas de prevenção e cuidados. A esta altura, praticamente todos os cubanos estão orientados, inclusive as crianças. dos sintomas da doença, como evitá-la e aonde ir em caso de suspeita.

Por outro lado, o Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia de Cuba pesquisou e produz o medicamento Interferon Alpha 2B que se mostrou efetivo no tratamento do coronavírus, e já está sendo exportado para China e outros países. Cuba possui estoque o suficiente para três a seis meses de utilização, e vai continuar produzindo, claro. A decisão até agora é de manter aberta as fronteiras, mas com controle de saúde dos que chegam ao país.

No dia 13, o governo atendeu a um pedido do governo britânico e permitiu a desembarcação de um cruzeiro com pessoas infectadas pelo vírus. Todos os viajantes irão desembarcar e serão repatriados imediatamente através de aviões. O nome disso é solidariedade.

Por hoje é só,
saudações socialistas!”

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Relacionadas