Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Os comitês de luta contra o golpe lançaram um cartaz contra a prisão do Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, essa iniciativa é parte da campanha geral dos Comitês contra o golpe de Estado, que envolve ainda a distribuição de milhões de panfletos e outros matérias. Serão impressos centenas de milhares de cartazes para serem distribuídos e colados em todo o território nacional.

A campanha contra a perseguição política e a prisão do ex-presidente Lula é, neste momento, o núcleo central da luta contra o golpe de Estado como um todo. denunciar a perseguição política ao ex-presidente, impedir sua prisão pela direita golpista é se colocar intransigentemente contra o regime golpista de conjunto. A direita persegue o ex-presidente, como líder popular, para conseguir as condições necessárias para promover um ataque ainda mais profundo a classe operária, as forças populares ao conjunto dos oprimidos.

Por isso a campanha contra a prisão de lula deve ser o mais ampla possível, deve atingir milhões e milhões de trabalhadores, para os seu esclarecimento político e para dar as massas uma perspectiva política capaz de derrotar o golpe. Em cada cidade, em cada bairros, nos centros de grande concentração de trabalhadores deve-se fazer campanha, com grandes murais com o cartaz contra a prisão de Lula.

Entre em contato e receba o cartaz, você pode também imprimi-lo. Vamos transformar a campanha contra a prisão de Lula em uma gigantesca campanha capaz de atrair milhões de trabalhadores para derrotar o golpe, os golpistas e todas as suas medidas.

Para mais informações acesse o site dos Comitês de luta contra o golpe: https://lutecontraogolpe.com.br/

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas