Golpista expulsou diplomatas
A três dias do prazo para que representação venezuelana deixasse o país, Bolsonaro reafirma expulsão. Comitê brasileiro protesta contra agressão
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook |

Da Redação

O Comitê Brasileiro pela Paz na Venezuela publicou em suas redes sociais uma nota de repúdio contra a atitude do governo golpista de expulsar o corpo diplomático venezuelano do país.

A ordem de retirada da representação do país vizinho foi feita por Bolsonaro em 05 de março, com prazo expirando em 02 de maio, o que levou a uma nota do governo brasileiro reforçando o ataque à Venezuela. O regime brasileiro nega ainda a legitimidade do governo de Maduro, reconhecendo o autoproclamado e apoiado pelos Estados Unidos, Juan Guiadó, como presidente, assim como sua indicada para a embaixada no Brasil, Maria Teresa Belandria.

A íntegra da nota pode ser consultada em: https://www.facebook.com/305037259904893/posts/810674112674536/

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas