Comitê Contra o Golpe de Assis/SP realiza cine-debate em apoio à Venezuela contra o golpe imperialista

IMG_7417

Na noite do último dia 23 de fevereiro, o Comitê de luta Contra o Golpe de Assis, interior de São Paulo, realizou a sua primeira sessão do “Cine Revolução”. A proposta desta atividade é realizar um debate tendo como base algum filme, documentário, curta-metragem que trate das questões políticas mais relevantes da atual etapa da situação política. 

O documentário escolhido para a primeira sessão foi: “A Revolução não será televisionada”,  de 2002. O filme mostra, sequência por sequência, todo o processo golpista contra o ex-presidente venezuelano, Hugo Chávez, em 2002. Um dos principais destaques deste documentário é revelar toda a manipulação da imprensa golpista, financiada pelo imperialismo norte-americano, contra o presidente Chávez, legitimamente eleito pelo povo venezuelano em 1998. Ao final, o filme mostra a gigantesca mobilização popular, a qual pôs fim a ação da direita golpista.

Após a exibição do documentário foi realizado um debate sobre a atual situação política da Venezuela, a qual é alvo de mais uma dura investida golpista por parte do imperialismo. Durante a discussão os companheiros puderam debater sobre o papel da imprensa burguesa contra o governo Maduro, além de discutir a situação política brasileira, marcada também por um processo golpista desde 2016. Os companheiros puderam também demonstrar seu apoio ao atual governo legitimo da Venezuela, de Nícolas Maduro, bem como a todo o povo venezuelano contra qualquer tentativa de invasão imperialista.

Foram também distribuídos aos companheiros os materiais de campanha dos comitês de luta contra o golpe e em defesa da Venezuela, contra o governo Bolsonaro e pela liberdade do ex-presidente Lula.