Greve Nacional da Educação!
O governo golpista do Ibaneis não ofertou nada que havia prometido, nem a Tele Aula, pela TV, e nem a internet.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
baixar-facebook-android
Celular | Foto: Reprodução

No Distrito Federal, como no restante do país, as aulas tiveram que ser suspensa devido a pandemia, em muitos lugares vacilaram entre uma e duas semanas, com isso, custou a vida de centenas de docentes.

Em junho o governador golpista Ibaneis Rocha (MDB), ameaçou retornar as aulas presenciais, porém diante de muita resistência, resolveu implementar o ensino à distância.

Como nos outros lugares do país o ensino à distância se mostra ineficaz, pois a maioria dos alunos e professores sofrem com a falta de uma tecnologia de ponta para ministrar suas aulas.

Diante da farsa do EAD, resolveram achar o culpado: o professor. Começou a caça aos professores, se o ensino EAD não vigora, a direita joga a culpa nas costas dos docentes. A tendência é depositar a culpa da política anti Educação do governo em quem está na ponta de todos esses absurdos.

Porém em contrapartida o governo golpista do Ibaneis, não ofertou nada que havia prometido, nem a Tele Aula, pela TV, e nem a internet.

Diante do caos os golpistas precisam encontrar um “bode expiatório”, como é recorrente é sempre o professor e o aluno que são apontados como causadores do mau ensino e da defasagem dos conteúdos, porém não se discute quais são as condições das salas de aulas, agora não se discute a ineficácia do ensino remoto.

Além de não ter equipamentos adequados, o ensino EAD é ineficaz, pois os alunos aprendem com a socialização da escola, com o convívio com os colegas. Por isso, as aulas somente devem retornar depois da vacina, pois a aprendizagem precisa ser presencial.

O ano deve ser garantido para todos os professores, é um momento de preservar as vidas de alunos, pais e professores, não ficar procurando culpados. No momento os professores e a comunidade escolar deve unir-se contra o retorno as aulas e discutir coletivamente os próximos passos.Não à farsa do EaD.

Somente com a mobilização dos profissionais da educação e com o apoio dos pais vamos barrar a ofensiva da direita que deseja reabrir as escolas ainda esse ano.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas