Comandante do Exército, que ameaçou o STF, é internado em Brasília

general villas boas

O comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, foi internado hoje em um hospital de Brasília. Segundo reportagem da Folha de S. Paulo publicada hoje (25) à tarde, o general deu entrada às 6h da manhã no Hospital Santa Helena, em Brasília. O motivo da internação não foi informado pelo hospital. O Centro de Comunicação do Exército vai divulgar uma nota mais tarde sobre o assunto. Villas Bôas sofre de uma doença degenerativa e tem dificuldades para andar e respirar.

O general Villas Bôas foi o autor das ameaças ao STF na véspera do julgamento do habeas corpus pedido pela defesa de Lula, no dia 4. Por meio do Twitter, o general publicou duas mensagens que diziam o seguinte:

“Nessa situação que vive o Brasil, resta perguntar às instituições e ao povo quem realmente está pensando no bem do País e das gerações futuras e quem está preocupado apenas com interesses pessoais? Asseguro à Nação que o Exército Brasileiro julga compartilhar o anseio de todos os cidadãos de bem de repúdio à impunidade e de respeito à Constituição, à paz social e à Democracia, bem como se mantém atento às suas missões institucionais.”

No dia seguinte, em uma longa sessão, o tribunal negou o recurso de Lula por seis votos a cinco, atropelando a própria Constituição.