Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Brasília - O comandante do Exército, general Eduardo Dias da Costa Villas Boas, durante audiência pública na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, do Senado (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
|

Apesar de setores da esquerda nacional afirmarem que a “democracia” no Brasil é sólida, está “consolidada” e um golpe militar seria inviável, o comandante do Exército Eduardo Villas-Bôas já demonstrou que as Forças Armadas estão dispostas a tomar o poder. No julgamento do habeas corpus do ex-presidente Lula, o comandante chantageou a ministra Rosa Weber, deixando claro que se ela votasse a favor do petista, o Exército interviria.

Mais uma vez, Villas Bôas decidiu ameaçar o país – e, não por coincidência, mais uma vez em um caso envolvendo Lula. Em entrevista à imprensa golpista, o militar declarou que a posição democrática do PT de manter Lula como candidato estaria “tirando a legitimidade, dificultando a estabilidade e a governabilidade do futuro governo e dividindo ainda mais a sociedade brasileira”. Como se não bastasse isso, Villas Bôas ainda foi mais enfático quando perguntado em relação ao prazo para o desfecho do caso Lula: “que seja decidida com oportunidade para que o processo eleitoral transcorra normalmente e naturalmente”.

Se Villas Bôas se acha no direito de caracterizar a situação como anormal, é porque as Forças Armadas estão prontas para intervir no país. A chantagem ao TDE e ao STF fica bastante evidente em suas declarações: se Lula for candidato, o Exército irá intervir.

Os trabalhadores e os setores democráticos não podem aceitar esse tipo de chantagem do golpista Villas Bôas. É necessário sair as ruas e exigir a liberdade de Lula e Lula presidente para derrotar os golpistas.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas