Com o golpe, cai renda de quem tem ensino superior

temer-rindo

Da redação – Quem pensou que só a classe operária fosse sofrer com os ataques dos golpistas contra o povo se enganou. De acordo com o Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio – IBGE), a faixa de trabalhadores que possui ensino superior teve sua renda média diminuída em 8% desde 2014, passando de R$ 5.071 no primeiro trimestre de 2014 para R$ 4.663 no mesmo período de 2018. O dado demonstra que esta faixa de renda foi a que mais caiu com o golpe.

Segundo os responsáveis pela pesquisa: “A renda média de quem tinha ensino superior foi uma das que mais caíram durante a crise, considerando-se os grupos por escolaridade. A queda foi de 8%, o que pode indicar tanto achatamento como desemprego e recolocação por salário menor”. Além disso, de acordo com a analista de Recursos Humanos Dilza Taranto, “muitas empresas que terceirizavam mão de obra, inclusive qualificada, trocaram de contrato para reduzir custos, contratando outros trabalhadores por salário menor. A crise também levou muitas pessoas com ensino superior a empregos informais. Elas tiveram de se adaptar ao que havia no momento.”