Siga o DCO nas redes sociais

Com o “combate à corrupção” dos golpistas, Petrobras vira importadora de etanol
Com o “combate à corrupção” dos golpistas, Petrobras vira importadora de etanol

Como já era de se esperar toda a campanha dos golpistas realizada sob o mote de acabar com a corrupção na Petrobras, nada mais era do que pretexto para favorecer as petrolíferas imperialistas.

A Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis divulga desde 2004 os dados econômicos do combustível brasileiro. E constatou que 2017, pela primeira vez, o País utilizou mais etanol estrangeiro importado, do que vendeu o produto para o exterior. Foi calculado um déficit de 445 milhões de litros.

Essa é mais uma prova, para quem ainda está dormindo, que a deposição de Dilma Rousseff foi um golpe de estado, visando – exclusivamente – favorecer os interesses do grande capital internacional, destacadamente do setor petrolífero.

Um golpe realizado pelo imperialismo para sequestrar todas as nossas riquezas por detrás da campanha enganosa de combate à corrupção.