Siga o DCO nas redes sociais

Política
Com medo das mobilizações, Bolsonaro pede pacote social a Guedes
Jair Bolsonaro é assombrado pelo medo de que mobilizações de massas venham a ocorrer no Brasil em virtude do aprofundamento da miséria que é consequência inevitável de sua política
guedes e bolsonaro
Política
Com medo das mobilizações, Bolsonaro pede pacote social a Guedes
Jair Bolsonaro é assombrado pelo medo de que mobilizações de massas venham a ocorrer no Brasil em virtude do aprofundamento da miséria que é consequência inevitável de sua política
Paulo Guedes, ministro da Economia, e o presidente fascista Jair Bolsonaro
guedes e bolsonaro
Paulo Guedes, ministro da Economia, e o presidente fascista Jair Bolsonaro

As mobilizações populares nos países vizinhos, particularmente no Chile, que sofre com as consequências da política neoliberal, e a soltura do ex-presidente Lula, forçaram o governo fascista de Jair Bolsonaro a recuar e pedir ao ministro da Economia, o Chicago Boy Paulo Guedes, um pacote social.

Jair Bolsonaro é assombrado pelo medo de que mobilizações de massas venham a ocorrer no Brasil, em virtude do aprofundamento da miséria que é consequência inevitável de sua política neoliberal, direcionada para o aumento do lucro dos bancos, dos latifundiários e das empresas transnacionais, em detrimento dos interesses da população.  A soltura do ex-presidente Lula coloca a questão do poder político na ordem do dia, uma vez que Lula é o político mais popular do país e visto como uma alternativa de poder concreta ao governo golpista.

A equipe econômica do governo estuda o aumento de R$ 6,81 (seis reais e oitenta e um centavos) no valor mensal do Bolsa-Família. Os recursos para o aumento viriam do fim da desoneração dos produtos da cesta básica, no caso a reoneração de itens como o Polenguinho, Yakult e até o caviar. Além disso, o governo golpista estuda um programa habitacional para a população que vive nos municípios com até 50 mil habitantes, que funcionaria por um sistema de crédito para comprar ou reformar casas.

O Bolsa Atleta Escolar é outro programa de incentivo que seria patrocinado pelo BNDES, que visaria pagar uma bolsa de R$ 300 para estudantes se dedicarem a atividades esportivas. Por outro lado, o governo propôs a taxação do benefício do seguro-desemprego para bancar a desoneração da folha de pagamento das empresas, o que significa uma imposto adicional sobre os desempregados.

Com o crescente descontentamento popular, o governo golpista busca apresentar programas assistenciais para amenizar um pouco os efeitos da política de destruição econômica de sua política neoliberal e da entrega do país aos Estados Unidos. A esquerda deve impulsionar as mobilizações para pôr fim ao governo neoliberal fascista, antes que este implemente uma ditadura militar no país.