EaD
O governo fascista de João Dória está promovendo o EAD que ´pode ser apelidado de enrolação à distância, pois enche os professores de tarefas inúteis que não servem para nada
joao-doria-coletiva-6-de-abril
Agora Notícias Brasil |

Em meio à pandemia do novo coronavírus, a direita aproveita para impulsionar e tentar consolidar sua política de transferir as aulas presenciais para o ambiente virtual.O atual governador de São Paulo, vem fazendo propaganda para esta modalidade de ensino, objetivo que os golpistas tem desde o golpe de 2016, destruir o ensino público estatual.

Todo esse programa tem sido noticiado com ares de sofisticação por parte da mídia, mas o que não tem sido colocado em pauta, é o ataque dessa direita golpista contra a educação, uma vez que EaD não é paliativo contra a pandemia, mas trata-se de um ataque ao calendário escolar que precisa ser suspenso.

O ensino á distância que iniciou no dia 27 de abril está mais parecendo “enrolação à distância”, pois na primeira semana a plataforma Centro de Mídias de São Paulo, não funcionaram direito, o acesso oscilava ao longo do dia. É a plataforma somente estava sendo acessada pela equipe de professores, diretores, coordenadores, supervisores e dirigentes.

Diante dessa panaceia de problemas técnicos e políticos, os professores estão sendo penalizados por ter que fazer milhares de tarefas e alguns gestores estão obrigando os professores faz resumos de todas as aulas, outros tem que fazer roteiro de atividades, semanário e plano semanal, coisas que já foram feitas no planejamneto e no plano de ensino.

As políticas neoliberais que vem assolando toda o povo brasileiro têm encontrado forte repúdio por parte da população, notadamente aquelas ligadas à educação pública. O ano de 2019 foi marcado por enormes e numerosas manifestações em rejeição a essas medidas. No entanto, esses verdadeiros carniceiros e vendilhões do patrimônio público têm percebido que o momento de crise e pânico provocado pelo perigo de alastramento do coronavírus em meio à população seria ideal para forçar a implementação de seu projeto nefasto. A população está sendo praticamente obrigada a se manter presa em casa e impossibilitada de se manifestar.

Todos os setores da esquerda nacional deveriam se unir no sentido de impedir que o povo brasileiro seja ainda mais prejudicado por esses governos que não apresentam a menor consideração com a nação e serve apenas ao capital predatório. Não podemos permitir que a direita avance livremente contra o povo. Faz-se necessário, mais do que nunca, procurarmos soluções conjuntas que permitam a mobilização popular.

 

Relacionadas