Com cerca de 1000 trabalhadores, assembleia dos Correios de SP aprovam greve geral

assembleia de SP

Os trabalhadores dos Corrreios da cidade de São Paulo aprovaram nesta quinta-feira (13-06) na assembleia da categoria, a participação dos Correios desta cidade na greve geral.

A categoria dos Correios vem sendo ameaçada pelo governo golpista e fraudulento de Jair Bolsonaro, que diz que a única saída para a ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) da sua crise é sua privatização.

Essa política levada a cabo pelo governo golpista tende a um maior enfrentamento da categoria com Jair Bolsonaro, portanto, a greve dentro dos Correios foi aprovada não só para defender os trbalhadores do ataque da reforma da previdência, mas também da privatização dos Correios, e contra o governo, que se expressa pela palavra de ordem de Fora Bolsonaro.

Lembrando que nos dias 07, 08 e 09 de junho, os trabalhadores dos Correios reunidos em Brasíllia/DF aprovaram em encontro da categoria, Conrep (conselho de representantes ) da Fentect (Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios) a defesa pela luta pelo Fora Bolsonaro e pela liberdade de Lula.