Com cerca de 1000 trabalhadores, assembleia dos Correios de SP aprovam greve geral
assembleia de SP
Com cerca de 1000 trabalhadores, assembleia dos Correios de SP aprovam greve geral
assembleia de SP

Os trabalhadores dos Corrreios da cidade de São Paulo aprovaram nesta quinta-feira (13-06) na assembleia da categoria, a participação dos Correios desta cidade na greve geral.

A categoria dos Correios vem sendo ameaçada pelo governo golpista e fraudulento de Jair Bolsonaro, que diz que a única saída para a ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) da sua crise é sua privatização.

Essa política levada a cabo pelo governo golpista tende a um maior enfrentamento da categoria com Jair Bolsonaro, portanto, a greve dentro dos Correios foi aprovada não só para defender os trbalhadores do ataque da reforma da previdência, mas também da privatização dos Correios, e contra o governo, que se expressa pela palavra de ordem de Fora Bolsonaro.

Lembrando que nos dias 07, 08 e 09 de junho, os trabalhadores dos Correios reunidos em Brasíllia/DF aprovaram em encontro da categoria, Conrep (conselho de representantes ) da Fentect (Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios) a defesa pela luta pelo Fora Bolsonaro e pela liberdade de Lula.