Siga o DCO nas redes sociais

Golpismo anti-trabalhador
Com Bolsonaro, reajuste do salário mínimo diminui em 2020
Segundo ano de Bolsonaro, segundo ano em que o salário mínimo é garfado pelo governo do golpe.
Golpismo anti-trabalhador
Com Bolsonaro, reajuste do salário mínimo diminui em 2020
Segundo ano de Bolsonaro, segundo ano em que o salário mínimo é garfado pelo governo do golpe.
O presidente golpista, Jair Bolsonaro.
O presidente golpista, Jair Bolsonaro.

Segundo ano do governo Bolsonaro, segundo ano em que o salário mínimo é garfado pelo governo do golpe. No primeiro ano de governo Bolsonaro, seis reais do salário mínimo foi retirado pelo golpista. Dos R$ 1.004 aprovados pelo Congresso Nacional, Bolsonaro roubou R$ 6,00, coincidindo com a sua posse em 1º de Janeiro de 2019.

Ao iniciar o próximo ano, em 1º/01/2020, outros R$ 9,00, segundo a política do presidente golpista, retirar mais esse valor dos trabalhadores, são os informes de Ricardo Marchesan, UOL, em matéria publicada em 26/11/2019.

O que motivou o governo a reduzir a previsão inicial de reajuste do salário mínimo, é que a inflação prevista supostamente diminuiu.

Não foi a primeira vez que o Bolsonaro reduziu o salário mínimo

Não foi a primeira vez que o governo reduziu a previsão do salário mínimo para 2020. No começo do ano, em abril, o governo enviou ao Congresso Nacional o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias com a previsão do piso nacional de R$ 1.040,00. Valor que Congresso nacional aprovou no mês de Outubro.

Governo Bolsonaro bate o martelo, e decreta que novo salário mínimo não será R$ 1.040,00. e sim, será de R$ 1.031,00.

Bolsonaro é reincidente

Também em 01/01/2019, no momento de sua posse, Bolsonaro bateu o pé e reduziu em R$ 6,00 o salário mínimo do presente ano. Ao invés dos R$ 1.004,00 aprovados pelos parlamentares, fez questão de reduzir o salário mínimo para os atuais R$ 998.

A justificativa do governo é a de que, como a previsão da inflação é menor, menor também deve ser o salário mínimo. O valor inclui apenas a correção pela inflação. Ao contrário da política de reajuste do mínimo dos governos do PT, agora não mais ganho real o salário mínimo terá.

Salário Mínimo teve o melhor momento com o PT

Nos governos do PT, a partir de 2007, com a prática de reajustar o salário mínimo conforme a inflação e mais metade do crescimento econômico dos últimos dois anos, fez com que o salário mínimo tivesse crescimento real, acima da inflação, de cerca de 70%. Um paliativo diante dos ataques feitos pelos capitalistas contra o trabalhador.

Atual governo diz que a redução na projeção de inflação tem “impacto no valor do salário mínimo e consequentemente em benefícios sociais”. Alguns benefícios levam em conta o valor do mínimo, como o reajuste das aposentadorias, por exemplo.

Bolsonaro quer acabar com os direitos sociais

Em reiteradas manifestações, Bolsonaro, o presidente do golpe, tem mostrado a que veio. Acabar com o socialismo, no discurso de posse em Janeiro, ou seja, acabar com a prática de políticas sociais para a população pobre.

Durante a transmissão semanal ao vivo, em sua página no Facebook, na quinta-feira (30/5/2019), Bolsonaro acompanhado de deputadas do PSL, fez questão de deixar claro que é o PT quem “gosta de pobre”.

De outra feita, em reportagem de Julia Lindner, O Estado de S.Paulo, 19 de julho de 2019, sem se dar conta de que microfones estavam ligados, orientou Onix Lorenzoni, para “não dar nada” “ àqueles governadores de “paraíba”.

O programa bolsonarista é exatamente este: atacar os salários, destruir os direitos dos trabalhadores. Isso vai continuar até que o movimento de luta contra o golpe consiga colocar em marcha uma verdadeira multidão pelo fora Bolsonaro.