Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Na edição de ontem do programa Colunistas da COTV, o companheiro Henrique Áreas abordou como tema a relação dos militares com a reforma da Previdência.

“Olá Boa tarde. Estamos começando mais programa colunistas ao vivo da COTV, e o tema aqui será os militares e o golpe em geral. Bom a gente viu que o ministro da defesa, o novo ministro da defesa o general Sylvio Lula, afirmou em entrevista que a prioridade do governo é a previdência. E assim ele deixou escapar que os planos dos militares é colocar em prática os maiores ataques contra os direitos do povo.

E isso fica cada vez mais claro sobre qual é o verdadeiro papel dos militares na situação política. Logicamente que o problema da segurança pública não pode ser análisado por qualquer pessoa minimamente inteligente como um mal disfarçado pretexto para colocar em cena os, generais na cena política, que diga-se de passagem e é incrível como até pessoas de esquerda não vejam o óbvio e encaram até com um certo ar de seriedade para a desculpa da burguesia golpista de que os militares foram colocados no Rio para resolver o problema da segurança e que isso além de tudo o mais absurdo ainda, é que essa medida teria sido tomada como uma medida popular por parte do governo golpista.

A esquerda chegou a repetir a besteira da revista veja e de outros orgãos de imprensa que a medida teria sido uma medida populista por parte do governo Temer. Como se o povo gostasse e fosse popular ter um milico com um Fuzil apontado para a sua própria casa, contra a sua família etc… e tal. Outra lenda que ocorre dessa primeira é que o Temer o presidente mais impopular da história do país, é que ele é quem manda no exercito, e que os pobres militares estariam apenas cumprindo ordens. Não se trata de nada disso. O governo Temer que é um governo sem nenhuma popularidade até mesmo na burguesia golpista, sem nenhuma autoridade nas instituições e até mesmo na burguesia golpista, ele não tem autoridade e não consegue colocar as medidas necessárias da burguesia golpista adiante.

As exigencias da burguesia imperialista, da burguesia golpista, em última instancia as exigências do próprio imperialismo, são a destruição mais completa possível da economia e dos direitos da população de forma geral. A Tão conhecida política de terra arrasada que os imperialistas querem impor ao país por aqui com o golpe. O problema é que para colocar em prática medidas tão impopulares é preciso um mínimo de autoridade, e o Temer já provou que está longe disso. Esscencialmente é esse o problema da presença dos militares e da necessidade de se aprofundar o regime de excessão contra o povo.

Criar um regime capaz de impor essas medidas impopulares e acima de tudo um regime que seja capaz de impor essas medidas com o uso da força. Foi por isso que o novo ministro da defesa o Sylvia Lula deixou escapar que o papel dos militares é garantir a reforma da previdência. É por isso que o novo ministro da defesa, o novo ministro general que deveria se preocupar com a segurança do país se mostra tão preocupado com a previdência. Ele sabe que o papel dos generais é garantir que o povo seja escravizado e não possa reclamar. O povo tem que aceitar calado tudo o que eles vão fazer no país.

Bom há que se diga que o papel dos militares, o papel desses milicos que estão prestando é o de garantir que o povo de seu próprio país seja escravizado por gringos capitalistas bilionários. É um papelão e um capachismo tão grande que é inacreditável que alguém ainda acredite que esses generais sejam verdadeiramente patriotas entre aspas. Uma verdadeira piada. Por fim ainda temos o problema que deriva de tudo isso que nós comentamos até aqui, do problema dos direitos da população; e esse problema se chama Luis Inacio Lula da Silva.

A popularidade do Lula representa essa insatisfação popular com toda essa situação política e com tudo o que tem sido feito pelos golpistas. É o exato oposto da impopularidade do Temer. Enquanto os golpistas que precisam levar adiante os ataques ao povo e não tem nenhuma popularidade, Lula que é o perseguido político, que sofre com toda a perseguição e com uma campanha cada vez maior contra ele Lula explode em popularidade, o Lula acaba sendo a expressão distorcida ou não da luta contra o golpe, e por isso é preciso prendê-lo e tirá-lo de cena da política e do jogo.

E os militares já sabem; Se o judiciário não der conta os generais estão a postos e preparados para sufocar qualquer reação contra a prisão do Lula e contra as medidas golpistas. Os generais preparam um ataque sem precedentes ao país, impor as medidas de destruição da economia nacional e por fim impor a destruição da nação brasileira que eles por piada dizem defender. Na verdade com patriotas como esses ai, os americanos e não os brasileiros agradecem.

Bom essa foi a coluna de hoje, semana que vem a gente volta com mais uma coluna. “

Se inscreva em nosso canal da causa operária no Youtube a COTV e se junte aos já mais de 19 mil inscritos que estão fortalecendo a luta por uma TV que fique 24 horas no ar e combata o monopólio da imprensa capitalista, imperialista e golpista que há décadas domina os meios de comunicação no nosso país. Contribua também com a nossa vakinha on line com o quanto puder e o quanto quiser.

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/contribua-com-a-campanha-contra-prisao-de-lula

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas