Imperialismo na América Latina
Mais uma vez a Colômbia autoriza que soldados norte-americanos ajam dentro do território colombiano.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
5f48263959bf5b252624a38d
Paraquedistas do Exército dos EUA na base de Tolemaida, Colômbia. 24 de janeiro de 2020. | Foto: Jonathan Drake / Reuters

O ministro da Defesa da Colômbia, Carlos Holmes Trujillo, informou nesta quinta-feira (27) que recebeu a aprovação de 69 parlamentares , “mais que a maioria absoluta” do Senado, para a retomada da missão de “assessoria, cooperação e treinamento” por uma unidade do Exército dos EUA dentro do país latino-americano.

Segundo Trujillo, são 53 soldados estadunidenses que estão desde 20 de julho em tarefas de combate ao narcotráfico em cinco unidades militares.

Essas operações haviam sido suspensas em 2 de julho por medida judicial após denúncia de senadores da oposição. O ministro ainda assegurou que esta presença militar não tem nada a ver com A Venezuela, mas sim com operações contra o narcotráfico e “fortalecimento das capacidades da Força Pública”.

A Colômbia vive sob uma verdadeira ditadura com um governo pró-imperialista que atende às exigências dos EUA em pontos centrais como a questão da Venezuela.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas