Menu da Rede

Como o imperialismo usa ONGs para desestabilizar inimigos

Nota do Coletivo de Negros

Coletivo de Negros João Cândido pede a dissolução da polícia

Lutar pelo direito de se defender dos ataques do regime da direita, organizar o povo em conselhos de segurança. A propaganda dessa necessidade é o primeiro passo.

Manifestação no Jacarezinho (RJ), nesta sexta-feira (07/05). – Foto: Reprodução.

O massacre do Jacarezinho (RJ), como tantos outros, revelou uma realidade que a população brasileira sofre cotidianamente: a repressão do regime burguês, a repressão do regime golpista. 

Foram executadas dezenas de pessoas, a maioria jovens negros e pobres, que nem porte físico possuíam para enfrentar os brutamontes da polícia, que, armada com armamento de guerra, atacou toda uma comunidade, aos tiros. 

Todos os relatos foram ouvidos, todos os vídeos foram vistos, e tudo denuncia a mais covarde repressão contra a juventude negra dos bairros pobres do Rio de Janeiro. Foi a maior chacina da história do Estado, e até o momento não se sabe quantas pessoas foram executadas.

São mortos que irão entrar para a estatística da ação da polícia, que mata milhares de pessoas todo ano e que, após o golpe de Estado, recebeu carta branca do Poder Executivo, seja federal seja estadual, para matar ainda mais. 

O objetivo da repressão é somente este, quebrar qualquer resistência contra a direita, contra a burguesia, massacrar os mais pobres, assassinar negros e trabalhadores. A repressão não cumpre outro papel, não existe a tal “segurança pública”. 

A polícia é uma organização criada com o único objetivo de trucidar o povo. Não se trata de uma organização que precisa ser reformulada, “desmilitarizada”, no caso da PM, como diria a esquerda demagoga, que não quer perder os votos advindos da repressão, mas se trata de uma organização a ser dissolvida, desmantelada, destruída, tanto a PM quanto a Polícia Civil, autora da chacina do Jacarezinho, o que revela que o aspecto militar não é o único problema.

Tentaram fazer o povo se acostumar com a existência da repressão escancarada junto com o regime democrático. A verdade é que não é possível existir uma democracia, mesmo que conservadora, em conjunto com uma corporação cuja progressão interna, por exemplo, tem como critério o número de civis executados. 

Acabar com a polícia significa o fim dos caveirões, o fim das delegacias, do procedimento padrão, do “baculejo”, da revista policial, da tortura, das execuções. É dissolver, de ponta a ponta, os órgãos de repressão.

Esta é uma tarefa que está colocada para qualquer organização que se diga minimamente democrática. Organizar o povo trabalhador brasileiro, maioria esmagadora, para acabar com a polícia e constituir sua própria segurança. 

Lutar pelo direito de se defender dos ataques do regime da direita, organizar o povo em conselhos de segurança. A propaganda dessa necessidade é o primeiro passo. Divulgar aquilo que o povo quer, espalhar a proposta, organizar e colocar em prática. 

Essa é a única forma de evitar as próximas milhares de vítimas da polícia. É essa proposta que o Partido da Causa Operária e o Coletivo de Negros João Cândido pretende colocar em prática, com as demais organizações democráticas do povo trabalhador.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores
O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.