Coletes amarelos defendem que atentado em Strasbourg é conspiração para aumentar a repressão política

1200px-Plan_Vigipirate_en_gare_de_Strasbourg_19_août_2013_05

Da redação – Setores dos coletes amarelos estão denunciando que o atentado ocorrido em Strasbourg não passa de uma manipulação de cunho conspiratório armada pelo governo para aumentar a repressão política.

Algo não muito difícil de se acreditar, já que o atentado vem em boa hora para o governo francês aumentar a repressão política. No país, a crise está generalizada, assolando todo território nacional.

De qualquer forma, se foi armado pela burguesia ou não, é difícil saber. Pois, como tudo que a burguesia faz, isso teria ocorrido por debaixo dos panos.

De qualquer forma, a atenção que deu o jornal Le monde, representante do imperialismo francês, às denúncias e a forma como procuraram apresentar que não passam de teses malucas, revelam uma preocupação para esconder o fato.

Não muda o fato de que foi usado de pretexto para o governo Francês aumentar a repressão policial como o plano Vigipirate, fortalecendo os policiais na fronteiras.