Cliente é hostilizada em restaurante por pagar com notas “Lula Livre”

notalulalivre

Na ultima terça-feira, dia 08 de maio, a artista Ana Teixeira foi vitima de ataques por parte dos donos e dos clientes de um restaurante na Vila Madalena, em São Paulo. Segundo afirma a artista ela foi violentamente hostilizada e ofendida por ter pago a conta com cédulas que continham um carimbo escrito “Lula Livre”, o que despertou a fúria dos proprietários do estabelecimento que incitaram clientes presentes no local contra Ana.

Segundo o relato da artista a dona do restaurante havia chamado ela de bandida e afirmado que ela estaria tentando enganar o estabelecimento. O restaurante Komy’s, retirou a publicação na qual Ana Teixeira relata o constrangimento sofrido e, em seguida, excluiu sua página nas redes sociais devido à repercussão negativa do ocorrido.

Esse acontecimento é exemplar da situação de intensa polarização política que vive o país, onde até os menores atos em favor da democracia e da liberdade de Lula provocam conflitos e histeria por parte da direita, que assume características cada vez mais declaradamente fascistas.