Governo Bolsonaro
Duas alas fundamentais disputam os recursos orçamentários do governo federal. Há previsão de R$ 92 bilhões de recursos não carimbados.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
bolsonaro-militares
Militares têm forte presença no governo Bolsonaro. | Reprodução.

Duas alas do governo Jair Bolsonaro (ex-PSL, sem partido) têm se chocado na disputa pelos recursos do Orçamento federal. Os aliados de Paulo Guedes, representante dos banqueiros, defendem o corte de gastos e a manutenção do teto de gastos públicos. Por outro lado, a ala dos militares defende um plano chamado Pró-Brasil, que vai no sentido de investir em obras públicas e intervenção estatal na atividade econômica.

Com a expectativa de R$ 92 bilhões de recursos não carimbados na proposta orçamentária federal, os conflitos entre as duas aulas do governo deve se intensificar.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas