Cinismo! Golpistas destroem Correios e falam que não vão privatizar a empresa

ag dos correios

O atual presidente golpista dos Correios, Carlos Roberto Fortner, braço direito do ministro golpista Gilberto Kassab, participou de audiência no Congresso nacional  no dia 17 de outubro para esclarecer sobre o processo de desmonte da maior empresa de Correios da América Latina, a ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos).

Carlos Fortner, que representa o governo golpista que está entregando todo o patrimônio nacional para os capitalistas internacionais, discursou de forma cínica na Comissão do Senado, dizendo que é contra a privatização, mas que o assunto está sendo gerido no interior da empresa.

Dizendo que esse ano, a privatização não vai acontecer, pois precisam esperar a eleições farsa de 2018, aonde o principal candidato está preso, que é Lula.

Também disse que nesse ano não vai haver mais demissões, somente em 2019, ou seja, é a favor das demissões nos Correios, mesmo sabendo que há um déficit de mais de 100 mil trabalhadores.

Também disse que haverá o fechamento das agências, não nesse ano, mas em breve, ou seja, apesar do golpista dizer que não haverá privatização, todas as ações que serão realizadas pela sua administração é no sentido da entrega do patrimônio nacional, a privatização, mostrando que o discurso não vale nada e que suas ações é para demitir e destruir os correios.

É necessário a construção de comitê de luta contra o golpe nos Correios, para lutar contra os golpistas cínicos, que atacam o povo e vendem as riquezas do país, dizendo que é para o bem do país.