Coronavírus
OMS saiu hoje com indicações de que novo surto de coronavírus na Espanha seria algo “desconhecido” e que reabertura impulsionada pelos banqueiros nada tem a ver com isso
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
diretor-geral-da-oms-tedros-adhanom-ghebreyesus-durante-entrevista-coletiva-em-genebra-1581079214498_v2_1920x1244
Diretor-geral do órgão porta-voz da reabertura econômica, Adhanom Ghebreyesus | Foto: reprodução

Após a Espanha apresentar um novo surto de coronavírus, o Organização Mundial da Saúde se pronunciou dizendo que as razões pelo novo numero grande de infectados e mortos é “desconhecido”. Curiosamente, o órgão financiado pelos banqueiros que são os principais artífices da reabertura a nível mundial, falou que não é a reabertura a principal causa do novo surto.

 

De repente, a organização mais “científica” do mundo, com devidas aspas, aponta razões quase espirituais e verdadeiramente metafísicas de algo que é, nada mais, que um vírus. Segundo a OMS “relaxamento e festas” não justificam. De fato, festas não justificaria, mas a reabertura de todo país é muito provável a maior causa do novo surto de COVID-19 espanhol.

Fica claro que a OMS antes de apresentar um desenvolvimento científico para o mundo, revela-se apenas uma porta-voz dos interesses dos banqueiros e grandes capitalistas.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas