Cidade trinca: muro de vidro de Doria na USP amanhece quebrado de novo. É a 16ª vez

muro usp folha

Muro de vidro do Doria caiu pela 16° vez e as explicações são as mais absurdas possíveis. Já tentaram culpar a USP, os seguranças, a população, os carros e até o ET de Varginha, embora este último tenha um álibi.

O muro de alvenaria sempre existiu mas o engomadinho do Doria resolveu substitui-lo por um muro de vidro, que qualquer criança sabe que é bem mais fácil de se quebrar, até de forma espontânea, sem precisar da ação do homem.

É o típico investimento que mostra a falta de compromisso dos governos do PSDB com o dinheiro público, que prefere fazer um muro bonitinho, embora inútil, de vidro e que depois de construído ficará sobre a responsabilidade da USP manter, do que investir na melhoria dos cursos da Universidade.

Os valores gastos são absurdos, R$ 5.000,00 por placa, que estão se quebrando à toa, e isto saindo dos cofres da prefeitura, que pra dar reajuste a servidor alega estar falida, este mesmo prefeito agora quer ser governador de SP, para construir mais muros de vidro, o que combina bem com os tucanos, que têm telhado de vidro.