CIA: hoje como em 64 mata opositores junto aos militares fascistas

ditadura-64

A Ditadura Militar em 1964 no Brasil matou seus opositores, isso todo mundo já sabia, inclusive a CIA, que escondeu a informação até agora, mas já tinha acordado os crimes desde o início e em toda América Latina.

As forças armadas brasileiras sempre serviram aos interesses do Imperialismo e mesmo depois da “democratização” continuaram a executar. Esse fato serve para provar que hoje, no caso mais recente da vereadora do PSOL, Marielle no Rio de Janeiro, a agência de espionagem mundial deu mais um golpe no Brasil, articula em toda América e no mundo uma ofensiva contra as organizações de esquerda.

Como denunciado neste diário, o mais novo documento da CIA, datado de de 11 de abril de 1974, relata a ordem dada por Geisel a seus comandados, um deles o João Batista Figueiredo, que os assassinatos aos opositores de esquerda tinham que continuar, lembrando que em 1973 eles já haviam executado 104 pessoas.