Internacional
Mike Pompeo declarou que a embaixadora americana vai visitar Taiwan, o que gerou reação por parte das autoridades chinesas.
5b2da9bd770d8
A questão China-Taiwan diz respeito à intervenção imperialista na Ásia Oriental | Reprodução
5b2da9bd770d8
A questão China-Taiwan diz respeito à intervenção imperialista na Ásia Oriental | Reprodução

Mike Pompeo, secretário de Estado dos Estados Unidos, anunciou que a embaixadora americana na Organização das Nações Unidas (ONU) visitará Taiwan no futuro próximo. Esta pretensão foi condenada pela porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, que solicitou o rompimento de laços militares entre a ilha e os EUA.

O Ministério das Relações Exteriores da China também denunciou a postura favorável dos EUA em relação aos separatistas de Taipei.  A China classifica Taiwan como uma “província rebelde”, enquanto os Estados Unidos reconhecem este país como uma nação independente.

O conflito entre China e Taiwan tem origem na derrota do partido Kuomitang na guerra civil (1945-1949) que resultou na tomada do poder pelo Partido Comunista China.

 

Relacionadas
Send this to a friend