Internacional
Mike Pompeo declarou que a embaixadora americana vai visitar Taiwan, o que gerou reação por parte das autoridades chinesas.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
5b2da9bd770d8
A questão China-Taiwan diz respeito à intervenção imperialista na Ásia Oriental | Reprodução

Mike Pompeo, secretário de Estado dos Estados Unidos, anunciou que a embaixadora americana na Organização das Nações Unidas (ONU) visitará Taiwan no futuro próximo. Esta pretensão foi condenada pela porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, que solicitou o rompimento de laços militares entre a ilha e os EUA.

O Ministério das Relações Exteriores da China também denunciou a postura favorável dos EUA em relação aos separatistas de Taipei.  A China classifica Taiwan como uma “província rebelde”, enquanto os Estados Unidos reconhecem este país como uma nação independente.

O conflito entre China e Taiwan tem origem na derrota do partido Kuomitang na guerra civil (1945-1949) que resultou na tomada do poder pelo Partido Comunista China.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas