HAMBURGUER_1
SHARE

Conflito com o imperialismo

China se posiciona contra os embargos do imperialismo ao Irã

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijian, afirmou que EUA não têm o direito de retomar as sanções impostas ao Irã em 2018 pela ONU

Tempo de Leitura: < 1

Zhao Lijian, porta-voz das Relações Exteriores da China – Foto: Reprodução/Twitter Lijian Zhao

Publicidade

Em entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira (20), o Porta-voz de Relações Exteriores da China, Zhao Lijian, condenou as declarações de Donald Trump, presidente dos EUA, de que iria usar o recurso de “snapback” para retomar os Embargos da ONU contra Teerã.

Segundo Lijian, Washington não tem o direito de restabelecer os embargos por ter abandonado, em 2018, o pacto nuclear assinado entre Estados Unidos, Irã, França, Reino Unido, Alemanha, Rússia e China.

Na quarta-feira, Mike Pompeo, o secretário de Estado dos Estados Unidos, já havia afirmado que os próximos alvos de embargos seriam Rússia e China, caso estes se recusassem a retomar as sanções contra o Irã.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Send this to a friend