Que as ruas explodam novamente
Protestos ocorreram por todo o país na madrugada desta sexta contra as medidas de repressão do governo de Sebastián Piñera. População pede “que as ruas explodam como em outubro”
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Chile - protestos - 02-07
População pede fim do toque de recolher e retorno das manifestações em massa nas ruas. | Foto por: AFP

Na noite e madrugada desta quinta (02) até as primeiras horas desta sexta, diversos protestos têm ocorrido por todo o Chile, contra o governo de Sebastián Piñera.

Mesmo sob toque de restrições de circulação durante todo o dia e toque de recolher das 22 às 5h, centenas de manifestantes estiveram nas ruas. Em Santiago, no bairro de Villa Francia, comuna de Estación Central, manifestantes levantaram barricadas e atearam fogo, queimaram um ônibus e enfrentaram as patrulhas que faziam a vigilância do toque de recolher.

Ainda em Santigado, na comuna de Puñalolén, cerca de 200 pessoas atacaram uma delegacia de polícia com pedras, coquetéis Molotov e bombas, por conta da violência policial, protesto que já acontecem desde outubro passado.

Foram registrados protestos também Ñuñoa, Puente Alto, Pedro Aguirre Cerda e Pudahuel.

Durante os protestos, foram lançados folhetos exigindo o fim do toque de recolher e denunciando tratar-se de uma medida para manter a população reprimida. Foi exigido também a necessária libertação de todos os presos políticos e chamam ao retorno das mobilizações de rua “Que as ruas explodam como em Outubro” diz num dos panfletos.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas