América do Sul
Nesta quinta-feira (3), grupos de direitos humanos realizaram uma manifestação contra a absolvição de 61 ex-agentes da DINA.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
chile_ed
Poder Judiciário garante a impunidade para torturadores e assassinos da DINA. | Reprodução.

Grupos de defesa dos direitos humanos, com a presença de familiares de desaparecidos, presos e executados políticos, realizaram uma manifestação em frente ao Palácio dos Tribunais, localizado na capital chilena Santiago. O objetivo era protestar contra a sentença que absolveu 61 ex-agentes da Direção de Inteligência Nacional (DINA), polícia política da ditadura de Augusto Pinochet (1973-1989).

O processo judicial contra os ex-agentes da DINA procurava esclarecer uma operação montada pelo órgão, que se destinava a encobrir o desaparecimento de 16 opositores do regime.

Os agentes da DINA sequestraram, torturavam, assassinavam e ocultavam os cadáveres de opositores. Para ocultar suas ações, montavam operações de simulação para produzir uma falsa versão dos fatos.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas