Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Terça-feira (20), em Genebra, o chefe da Organização dos Estados Americanos, o uruguaio Luís Almagro, defendeu abertamente que os países do bloco promovam um boicote à Venezuela para estrangular o país economicamente. Cúmplice dos golpes por meio dos quais o imperialismo tomou toda a região de assalto, Almagro chama a Venezuela, país mais democrático da região hoje, de “ditadura”, reproduzindo uma campanha montada pelos grandes monopólios econômicos que buscam controlar os países atrasados no mundo inteiro.

O próprio governo da Venezuela já denunciou há muito tempo o verdadeiro papel da OEA, de ser um Ministério das Colônias norte-americano. O bloco procurava apresentar-se de outra forma, embora disfarçasse mal. Agora Almagro desistiu da encenação e participa ativamente das atividades golpistas contra o governo da Venezuela.

Ano passado o presidente dos EUA, Donald Trump, impôs sanções à Venezuela proibindo norte-americanos de comprarem títulos da dívida venezuelana ou títulos da petroleira estatal, PDVSA. Trata-se de uma tentativa de derrubar o governo destruindo a economia da Venezuela. Para contornar a situação, o governo venezuelano lançou uma moeda virtual, o petro, graças ao qual levantou mais de US$ 700 milhões essa semana.

A atitude de Almagro revela que as denúncias do governo venezuelano sempre estiveram corretas. Além disso, com essa nova ofensiva o imperialismo abriu o jogo completamente sobre a guerra econômica movida contra a Venezuela durante todos esses anos. Seus efeitos sempre foram apresentados pela imprensa burguesa como provas de fracasso de um modelo econômico. Na verdade, essa tentativa de fazer a economia da Venezuela fracassar sempre fez parte da campanha golpista da direita.

Hoje a Venezuela é o principal polo de resistência ao avanço do controle do imperialismo sobre os países da América do Sul. Caso a direita e o imperialismo sofram uma derrota mais contundente no pais vizinho, a ofensiva imperialista corre risco de sofrer uma reversão em todo o continente.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas