HAMBURGUER_1
SHARE

´Guerra do Iraque

Chanceler cubano condena indulto de Trump a criminosos de guerra

Bruno Rodríguez Parrilla condenou o perdão presidencial dado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, a quatro criminosos de guerra

Tempo de Leitura: < 1

Crime de guerra no Iraque, vazamento Wikileaks. Imagem ilustrativa – Foto: Reprodução

Publicidade

De acordo com Sputnik, o Chanceler cubano, Bruno Rodríguez Parrilla condenou os indultos concedidos pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, a quatro membros da empresa de segurança privada Blackwater, envolvida no massacre de 14 iraquianos em setembro de 2007.

“Os indultos concedidos a criminosos de guerra contratados pelos EUA como mercenários qualificam tanto os perpetradores quanto o governo que os contrata e perdoa”, escreveu o ministro das Relações Exteriores em sua conta na rede social no Twitter.

Em 22 de dezembro Trump, concedeu o perdão presidencial aos quatro membros da Blackwater, condenados por assassinato em primeiro grau por sua participação no massacre da Praça Nisour em Bagdá em 16 de setembro de 2007. Os envolvidos neste incidente macabro abriram fogo com metralhadoras e lançaram granadas em um espaço público em Bagdá, matando 14 civis – incluindo um menino de nove anos – e ferindo 17 outros, incluindo mulheres e menores. de idade.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Mais Lidas
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTT

Trótski: vida e obra | Curso completo (35ª Universidade de Férias do PCO)

1.4K Visualizações 12/06/2021 18:28

Watch Now

Send this to a friend