Chacina na Palestina continua e Israel mata mais um

gaza 082_18_04-1

Prosseguem os protestos iniciados em 30 de março em Gaza, chamados “Grande Marcha do Retorno”. Quatro palestinos foram mortos pelo Exército israelense nesta quarta semana de manifestações. As vítimas mais recentes possuíam idades entre 15 e 29 anos. Nesta sexta-feira cerca de 3.000 pessoas participaram das manifestações segundo informações das Forças de Defesa Israelenses. Os protestos deverão se estender até o dia 15 de maio data que marca o êxodo dos palestinos expulsos dos lugares onde habitavam para dar lugar à fundação da entidade sionista. Ao menos 35 palestinos morreram atingidos pelas forças israelenses desde o início das manifestações.

Já a algum tempo sem a encenação dos simulacros de negociações de paz a guerra genocida contra os palestinos prossegue e dada a disposição de resistência do povo palestino é de se esperar que o confronto se torne mais agudo. Os palestinos não tem outra opção.