Repressão avança nas redes
O blogueiro olavista e bolsonarista é bloqueado no Twitter, mostrando que a importação da repressão dos EUA já se iniciou.
Allan dos Santos - Terça Livre (1)
O bolsonarista Allan dos Santos foi bloqueado no Twitter.Foto | Foto por: reprodução.
Allan dos Santos - Terça Livre (1)
O bolsonarista Allan dos Santos foi bloqueado no Twitter.Foto | Foto por: reprodução.

A administração da rede social Twitter suspendeu nesta quarta (20) o perfil do blogueiro olavista e bolsonarista, Allan dos Santos por ter infringido várias regras dos termos de uso.

Segundo a plataforma “Sleeping Giants Brasil” os motivos seriam por “propagar discurso de ódio”.

Allan dos Santos que proprietário do Terça Livre, é mais membro da extrema-direita que tem o acesso bloqueado nas redes sociais. Somente no ano de 2020 milhares de contas foram suspensas ou banidas das principais redes sociais, sob as mesmas alegações.

Nos últimos dias a repressão e o controle sobre as redes sociais ganharam novo impulso, após o ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump ter sido banido das redes e, centenas de seguidores sofrerem o mesmo destino.

Assim, estamos vendo a reprodução da mesma repressão que ocorre nos EUA chegar rapidamente ao Brasil e, com certeza, não se restringirá às figuras da extrema-direita, lideranças, movimentos sociais e partidos de esquerda estão na mira.

Relacionadas
Send this to a friend