Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
imagem1
|

O golpe de Estado de 2016 permitiu que o Regime Político começasse a mudar radicalmente. Se antes os trabalhadores tinham alguns direitos democráticos e algumas garantias sociais, tudo isso foi varrido em dois anos apenas.

Uma questão que tem sido fundamental para o ataque aos direitos da população é a presença e a força cada vez maior do Judiciário no Regime. Uma vez que, mesmo após o golpe, o imperialismo não consegue controlar o Congresso, o Judiciário, não eleito, corrupto e pressionado pelas Forças Armadas, tem sido fundamental para o massacre dos trabalhadores.

Nessa semana, o TSE mandou que retirassem notícias “falsas” sobre Marina Silva, isto é, fake news. Utilizando o argumento de que uma notícia não poderia ser dada sem fonte, o tribunal realizou mais um ato de censura.

A censura do TSE não pode passar de maneira despercebida. Afinal, a censura de hoje contra uma matéria “sem fonte” poderá e deverá ser a censura contra uma matéria que atinja os interesses dos donos do Judiciário – ou seja, a burguesia. A decisão do TSE, deste modo, representa um grande perigo contra a esquerda e setores democráticos.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas