Censura na Bolívia
Ditadura boliviana censura canal de televisão que denuncia o golpe de estado contra a população boliviana.
Lapaz BO 13 11 2019-A presidente auto declarada da Bolivia Janine Añez é ajudada por um militar a ajusta a faixa presidencial a foto de do senador Oscar Ortiz que publicou no seu Twitter.
Autoproclamada presidente da Bolívia. Foto: divulgação. |

A ditadura imposta ao povo boliviano após o golpe de estado contra o presidente eleito Evo Morales irá retirar o canal Telesur do ar. A notícia foi dada pela estatal que cuida das concessões de sinal da Bolívia, a Entel SA e confirmada pela própria Telesur.

Trata-se de uma movimentação pela censura na Bolívia, já que o canal Telesur é um canal de televisão que se coloca contra os golpes de estado da América Latina e apoia o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.

A Telesur vem denunciando o golpe de estado na Bolívia, assim como vem mostrando a repressão que a população boliviana vem sofrendo após a deposição de Evo Morales.

É importante ressaltar que quando a Revolução Bolivariana cassou a permissão de oligarquias televisivas na Venezuela, comandadas por grandes capitalistas e que haviam planejado e auxiliado o imperialismo e a burguesia venezuelana diretamente no golpe de estado contra Hugo Chavez em 2002, a direita fez toda uma campanha de que Chavez era um ditador. No entanto, agora que se trata de um governo vindo de um golpe de estado e que está censurando uma rede de televisão que não pertence a nenhuma oligarquia, muito menos ajudou em algum golpe de Estado, o fato não é discutido nem mencionado na mídia burguesa.

Relacionadas