É preciso reagir
A esquerda precisa se unir nas ruas junto com os trabalhadores, realizar grandes atos para colocar abaixo o golpe, o bolsonarismo e a ascensão do fascismo
32
Carta com balas de revolver e ameaça a militantes de esquerda | Foto: Reprodução

Como já é do conhecimento de muitos, o Diário Causa Operária sofreu um ataque hacker no sábado (18) em que foram apagados milhares de artigos e parte da estrutura do site.

Na mesma semana deste ataque de características da extrema-direita fascista, dois militantes de esquerda, um do PT e a outra do MDB, no interior de São Paulo, receberam ameaça de morte por meio de uma carta enviada em suas casas. Dentro do envelope havia duas balas de revólver calibre 38 e 32 e um bilhete que dizia: “Você é um idiota, fica postando mensagens contra pessoas de bem seu inútil, você é um petista lixo”, e “Fica esperto, sabemos onde você mora seu lixo, continua com suas postagens que você e sua amiga vão ver só”. O motivo? As denúncias contra o governo genocida de Bolsonaro que esses militantes faziam pelas suas redes sociais.

E no domingo(27), militantes do partido UP (Unidade Popular pelo Socialismo) tiveram os exemplares do seu jornal partidário A Verdade, apreendidos durante uma atividade política de panfletagem em uma feira popular na cidade de Mauá. A polícia apareceu para verificar o material, já que o jornal trazia denúncias contra a gestão do prefeito Atila Jacomusi do PSB em relação ao ineficiente combate à pandemia na cidade.

Esses recentes casos somam-se a outros inúmeros ataques que a extrema-direita vem realizando contra toda a esquerda. Desde o golpe de 2016, aumentou exponencialmente o número de assassinatos de lideranças políticas de organizações populares, ataques às sedes sindicais e de partidos políticos.

Claro que a apreensão de um jornal não é mais grave do que o assassinato de uma liderança política. Mas esses últimos acontecimentos demonstram o avanço da censura contra a liberdade de expressão da população. Agora, a direita golpistas, junto com os seus cães fascistas querem matar o povo aos milhares e não permitir que a esquerda denuncie a política genocida deste governo.

Querem impedir um dos direitos democráticos mais fundamentais na luta política: a comunicação.

A esquerda precisa reagir à altura

Por isso, a campanha levantada pelo DCO para divulgar amplamente o ataque hacker contra o seu jornal digital que representa um ataque à imprensa de toda a esquerda, mostra-se tão necessária. E além da participação de todos os setores progressista nesta campanha, é ainda mais necessária a união de toda a esquerda contra toda essa corja golpista que quer nos matar por Coronavírus, fome ou repressão e manter calados, sob um regime ditatorial, os que sobreviverem.

É questão de sobrevivência que a esquerda convoque atos e se una nas ruas com os trabalhadores, os estudantes, toda a população oprimida para colocar abaixo o golpe, o bolsonarismo e ascensão do fascismo.

Relacionadas