Siga o DCO nas redes sociais

Censura a portal bolsonarista e a Danilo Gentili: os ataques começam na direita e sempre terminam na esquerda
Censura a portal bolsonarista e a Danilo Gentili: os ataques começam na direita e sempre terminam na esquerda

O Poder Judiciário, passando por cima da Constituição Federal, já censurou, pelo menos, o humorista bolsonarista Danilo Gentilli, e o portal direitista O Antagonista, por supostamente transmitir as chamadas notícias falsas acerca de Dias Tofolli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF).

A censura é simples: alguém não gostou do que foi falado e pediu ao Judiciário para que tal conteúdo fosse retirado e seu autor multado, ou até mesmo preso por conta de injúria, calúnia ou difamação. Um absurdo total.

A liberdade de expressão só pode existir se não houver limites, se não houver restrições. Quem seria o responsável por colocar limites à liberdade de expressão? O Estado golpista? O Judiciário burguês, vendido ao imperialismo?

A verdade é que essa censura começa na direita, mas vai terminar na esquerda, nos partidos e organizações dos trabalhadores e dos movimentos populares. Esse é o real objetivo da censura, atacar a esquerda de conjunto, com a cobertura de que a direita já foi censurada.

É preciso ter uma posição de princípios em defesa dos direitos democráticos de toda a população. Se passaram por cima de direitistas ligados inclusive a grandes monopólios da comunicação, o precedente já está aberto para um ataque geral às organizações de esquerda e indivíduos de uma modo geral. A liberdade de expressão está suprimida na prática. É preciso denunciar esse ataque e deixar claro que a esquerda pequeno burguesa que se alinha a essa política está em uma frente única com a direita golpista contra os direitos básicos do povo.