Ceará: Camilo Santana (PT-CE) capitula à política bolsonarista

jfcruz_abr_0601192885

Da redação – A imprensa golpista está forjando uma crise de segurança pública no Estado do Ceará, assim como fizeram no RJ, para justificar a repressão dos órgãos de repressão da burguesia nas ruas.

Segundo eles, o Estado estaria passando por uma “onda de violência” em que supostamente as “facções criminosas” estariam realizando o terror em mais de 40 municípios cearenses.

O Estado recebeu o reforço de tropas das Forças Nacionais e de Policiais Militares bahianos. Obviamente, o que está em questão não é a segurança pública, mas o aumento da repressão dos golpistas – que é a tendência com o governo Bolsonaro.

Nesse sentido, Camilo Santana, governador do Ceará, demonstra a total capitulação da ala direita do PT ao Bolsonarismo. Isso já se demonstrava quando, durante as eleições, Santana fez campanha contra a candidatura de Lula, e pelo apoio em Ciro Gomes e, em seguida, a Haddad.

Camilo Santana está fazendo a campanha da direita a favor da repressão. Em nome de combater o “crime organizado”, Santana diz que “não irá recuar um “milímetro”.