Cavalo de Troia golpista, Joaquim Levy vai comandar o desmonte do BNDES sob Bolsonaro

joaquim levy

Da redação – Nesta segunda-feira (11), Joaquim Levy, ex-ministro da Fazenda durante o governo de Dilma Rousseff, aceitou o convite do governo golpista de Jair Bolsonaro para comandar o BNDES. Levy foi uma imposição da direita golpista ao governo Dilma, e entrou no governo para aplicar um ajuste fiscal. O governo Dilma aceitou Levy para tentar aplacar o ímpeto golpista da direita, no entanto, as ações do ministro só fortaleceram o próprio golpe.

Levy, como Paulo Guedes (responsável de Bolsonaro pela economia), também é um “Chicago Boy”, com doutorado pela Universidade de Chicago, um centro da política neoliberal. No governo Dilma, Levy tentou, com sua política de ajuste, estrangular o BNDES. Agora, durante o governo golpista de extrema-direita, deverá trabalhar para acabar com o banco, pelo menos como ele foi até agora. O BNDES não terá mais o papel de fomentar a indústria nacional.