Pandemia no DF
Enquanto casos sobem, governo é incapaz de aumentar leitos hospitalares e governador fascista Ibaneis diz que tratará Covid-19 como gripe.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
df_reabre
Shopping de Brasília reaberto. Foto de 27/05 | Foto: Vítor Mendonça/Jornal de Brasília

No dia 18 de maio o governador Ibaneis Rocha (MDB) liberou o comércio no Distrito Federal. Desde aquela data até o último dia 1º de julho o número de casos de Covid-19 aumentou de 4.123 para 49.218, segundo dados oficiais.

Mesmo decretando calamidade pública, no dia 29/06, o governador fascista Ibaneis decidiu liberar clubes recreativos e treinos de futebol. Uma contradição para pessoas com o mínimo de razoabilidade, porém é a mesma atitude adotada pelo presidente fascista Jair Bolsonaro.

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) diz que a ocupação de leitos de UTI é maior que 90%, já o Governo do DF diz que é de 66%.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas