Pandemia
Número de casos aumentou após a reabertura econômica da cidade. A Secretaria de Saúde joga a culpa para a população, dizendo que uma parcela nega a doença
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
O governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou o subsidio para o transporte público. presente: prefeio de Curitiba, Rafael Greca de Macedo.
Curitiba, 22-02-19.
Foto: Arnaldo Alves / ANPr.
Prefeito de Curitiba Rafael Greca (DEM) e o governador Ratinho (PSD) | Foto: Arnaldo Alves / ANPr

O número de casos de COVID-19 em Curitiba triplicou em menos de 1 mês. A cidade que havia registrado 1089 casos até dia 28 de maio, registra 3.298 casos hoje. O aumento se deu após a reabertura econômica da cidade.

A secretária de saúde de Curitiba, Márcia Huçulak, tentou jogar o problema para a população, dizendo que as pessoas precisam colaborar e que há um grupo negando a gravidade do problema. No entanto, os shoppings da cidade continuam abertos, demonstrando que não é a população a culpada.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas