Corona vírus
Um estudo feito pelo CDC chinês aponta que o número de infectados pelo novo coronavírus podem ter sido 10 vezes maior
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
COVID19 test  for diagnosis new corona virus
Primeiros testes de Covid-19 em 2019 | Foto: Reprodução

De acordo com site de notícias Sputnik Brasil, um estudo do Centro do Controle e Prevenção de Doenças (CDC) chinês, quase 500.000 habitantes de Wuhan podem ter sido infectados com o SARS-CoV-2, o que é cerca de dez vezes mais que o número oficial registrado.

O estudo utilizou amostra de 34 mil pessoas habitantes de Wuhan – onde o coronavírus teve origem – e de outras províncias, bem como de Pequim e Xangai, para estimar as taxas de infecção.

Em cerca de 4,4% dos testados em Wuhan foram encontrados anticorpos específicos que podem lutar contra o vírus. Wuhan confirmou até domingo (27) um total de 50.354 casos confirmados, segundo a Comissão Municipal de Saúde da província.

O estudo teve como objetivo estimar a escala de infecções anteriores em uma população através de testes de sangue. Estes foram realizados em abril, um mês após a China “conter a primeira onda da epidemia de COVID-19”, com os resultados tendo sido publicados na segunda-feira (28), como reporta a CNN.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas