Menu da Rede

Queima de estátua não tem nada a ver com o movimento popular

Sem garantias

Caso Lula está longe de estar encerrado

Uma das lições que deveriam esses setores eufóricos terem aprendido com os últimos anos de golpismo, é que o judiciário brasileiro pode passar por cima de qualquer lei

ex-presidente Lula só pode contar com o povo para ter seus direitos políticos garantidos – Victor Moriyama/Getty Images

A decisão do Supremo Tribunal Federal acerca da suspeição do juiz golpista Sérgio Moro deixou muitos da esquerda eufóricos. Segundo esses setores, com a decisão, a candidatura de Lula estaria garantida, e por consequência a vitória eleitoral em 2022. Acontece que nem tudo são rosas e a realidade está longe do que foi apresentado pela esquerda. A candidatura de Lula não está garantida, muitas águas ainda hão de passar.

Primeiro, é preciso entender a decisão do STF. A corte  confirmou o que votou a segunda turma, apoiando a decisão de um dos seus integrantes, Edson Fachin, no dia 8 de março, sobre a incompetência da Vara de Curitiba em julgar os processos de Lula.  Uma segunda decisão sobre a manutenção da suspeição de Moro, foi uma reafirmação da decisão da segunda turma referente ao triplex de Guarujá, o que significa que nem todos os processos que Moro iniciou contra o ex-presidente foram anulados.  O processo do sítio de Atibaia, embora tenha  sofrido um retrocesso, será julgado por outra instância do judiciário, podendo ser em Brasília ou em São Paulo, mas as provas coletadas por Moro e a Força Tarefa Lava-Jato ainda podem ser usadas contra o ex-presidente. Devemos também lembrar que Lula tem incontáveis outros processos contra sua pessoa. Qualquer um desses processos ainda podem ser usados contra Lula.

Uma das lições que deveriam esses setores eufóricos terem aprendido com os últimos anos de golpismo, é que o judiciário brasileiro pode passar por cima de qualquer lei, tramitação processual e direito democrático quando há uma necessidade política. Nada impede a instância que julgará o processo de Atibaia, ou qualquer outro processo, de encaminhá-lo à tempo de deixar Lula inelegível.

A verdade é que Lula para ser candidato ainda tem muito chão para percorrer. A decisão do plenário do STF simplesmente veio reforçar a decisão de Edson Fachin, que tentou com essa manobra salvar a pele de Moro e da Lava-Jato. É absurdo esperar da mesma corte que está enquadrando dezenas de pessoas na Lei de Segurança Nacional, que em suas últimas decisões se colocou acima do Estado de Direito, da Constituição e dos direitos democráticos da população, uma decisão democrática e que beneficia minimamente a esquerda.

As eleições que estão por vir prometem ataques sujos  e fraudes contra Lula, o PT e toda a esquerda. Não deram o golpe em 2016 para devolver de bandeja o governo. Pelo contrário, a burguesia fará de tudo para impedir que Lula vença.

Para garantir a candidatura de Lula, somente um caminho se apresenta diante de nós: o caminho das ruas. A única garantia que o ex-presidente tem a sua disposição atualmente é o povo. As campanhas da esquerda militante pela liberdade de Lula e pela anulação de seus processos serviram para pressionar a burguesia na única linguagem que ela entende, a da força.

É preciso abandonar as ilusões, são desculpas elaboradas por aqueles que não querem travar uma luta contra os golpistas. Devemos tomar o asfalto, convocar nossos iguais e marchar na Avenida Paulista neste próximo 1º de maio para pressionar a burguesia. A tarefa do momento é colocar o movimento operário em movimento e travar uma luta para reverter as mazelas do golpe.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores
O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.