Destruição do movimento
Carteirinha digital de Bolsonaro é tentativa de destruir a UNE
MP retira a principal fonte de renda da entidade estudantil.
estudante
Destruição do movimento
Carteirinha digital de Bolsonaro é tentativa de destruir a UNE
MP retira a principal fonte de renda da entidade estudantil.
Carteira estudantil da UNE
estudante
Carteira estudantil da UNE

Na sexta-feira, 06 de setembro, Bolsonaro lançou uma Medida Provisória que criou uma carteira estudantil gratuita e digital:

Nós vamos poupar trabalho de uma minoria que representa os estudantes, não vão ter que trabalhar mais! (risadas)

Bolsonaro também afirmou que a medida vai impedir que “algumas pessoas promovam nas universidades o socialismo”.

A medida é claramente uma maneira de desarticular o movimento estudantil e destruir a União Nacional dos Estudantes (UNE), que detém um monopólio de fabricação de carteirinhas estudantis, uma de suas principais fontes de renda.

Bolsonaro já disse mais de uma vez que quer “acabar com a esquerda”, e é exatamente isso que ele está fazendo: destruindo suas organizações e desarticulando seus movimentos, assim como fez com os sindicatos quando acabou com o imposto sindical.

Enquanto as organizações de trabalhadores e estudantis não se juntarem e convocarem manifestações pelo fora Bolsonaro e pela liberdade de Lula, os ataques continuarão e a direita começará a ocupar o espaços dessas organizações, abrindo o caminho para a ascensão do fascismo e prejudicando imensamente a organização política do povo.