Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
pco_
|

Assisti a uma cena repugnante nestes últimos dias. Não mais que cinco pessoas, em cima de um caminhão de som, na passagem de ano, gritando insultos ao ex-presidente Lula.

Uma onda de ódio está se disseminando nesse país, principalmente depois da eleição fraudulenta de Bolsonaro.

É facilmente constatável que esse sentimento se diz presente nas ruas, nos ambientes de trabalho, nos encontros de amigos, inclusive nas relações familiares.

Outro dia, senti muita vontade de atracar o gogó de um reacionário ao esboçar-me uma censura por estar usando um boné vermelho da CUT na minha caminhada diária… olhe só…

Será, no entanto, que a saída é extravasar esse sentimento, de uma maneira isolada e desorganizada pelo mundo afora?

Entendo que não. Vou aprender mais ainda na Universidade de Férias, que o fascismo deve ser combatido na luta e na força, contudo, organizadas em um partido, com um programa revolucionário, que tenha como razão de ser a derrota do capitalismo e a consequente construção do socialismo, rumo ao comunismo.

Por isso, o PCO!

Escrito em 9 de janeiro de 2019 por João Tomaz Lourenço Martins, de Fortaleza (CE).

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas