Carta aos amigos – petição para Cesare Battisti

cesare-battisti-e1550811119969

Prezados amigos,

Como todos sabem, Cesare Battisti foi detido por uma patrulha da polícia italiana na Bolívia, em janeiro deste ano. Cesare não estava ilegalmente na Bolívia, pois, logo de chegar ao país, apresentou uma carta detalhado com um pedido de refúgio político, acompanhada de provas que mostravam que era realmente um perseguido.

A Bolívia, igual que o Brasil e que a Itália, é uma signatária de Convenção, que proíbe que pessoas perseguidas sejam expulsas, deportadas ou extraditadas. O Brasil, na época de Lula e Dilma, respeitou essa Convenção Internacional, mas a Bolívia e a Itália cuspiram no direito internacional, e a Bolívia decidiu entregar Battisti à Itália. Este é um fato que viola as convenções sobre refugiados, mas também a lei da própria Bolívia, e sua constituição.

Agora, com Battisti na Itália, os políticos mafiosos e canalhas (QUE SÃO QUASE TODOS) que prepararam seu sequestro e seu transporte à Itália, querem que o judiciário reconheça esse sequestro como se fosse uma extradição válida.

O advogado de Battisti, que é um dos melhores juristas da Itália, apresentou uma ação no Tribunal de Milão exigindo que se reconheça que Battisti foi extraditado pelo Brasil e NÃO pelo Bolívia. Ele foi tirado ilegalmente da Bolívia, mas a extradição era brasileira.

Nas próximas semanas, o tribunal deverá julgar essa ação. Sendo extraditado com base no Brasil (como legalmente foi), Cesare terá o direito de ser protegido pela lei brasileira, e sua pena pode diminuir muito.

O judiciário parece estar bem disposto, mas pesa uma enorme pressão por parte das máfias políticas que governam a Itália.

Portanto, preparei uma petição para reforçar a posição do advogado defensor. Esta petição está neste link:

https://www.change.org/p/caso-battisti-os-tribunais-italianos-devem-fazer-justi%C3%A7a-e-n%C3%A3o-vingan%C3%A7a

(Copiem e colem o link em seu navegador, pois nem sempre responde ao click)

A petição está em quatro línguas, a primeira o português. Peço a vocês que, por favor: (1) Leiam a petição. (2) Assinem se estiverem de acordo e, depois, divulguem a todos os seus contatos.

Muito obrigado,

Carlos A. Lungarzo

Pelo Comitê Internacional de Apoio a Cesare Battisti