Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Como manifestação popular, o Carnaval sempre foi alvo de repressão do regime. Em todas as cidades é registrado um verdadeiro arrastão feito pelas forças de segurança contra os foliões. Este ano, em especial, não poderia ser diferente.

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, em conluio com a Riotur, solitaram junto ao governo federal golpista a intervenção das Forças Armadas durante as festividades de Carnaval deste ano, na cidade.

“É preciso que nós todos possamos contar com as tropas federais antes, durante e depois [do evento], e todas as pessoas que estejam na rua estejam garantidas, alegres, felizes de que o Rio de Janeiro estará completamente seguro, sem qualquer espaço para imprevistos”, afirmou o prefeito.

Na verdade, o plano é armar uma verdadeira guerra contra a população, que sempre vai às ruas durante o Carnaval com uma série de reivindicações políticas, o que é uma tradição do carnaval brasileiro como um todo.

Não bastasse a Polícia Militar, a guarda civil, o Exército e demais polícias, no Rio de Janeiro ainda serão contratadas empresas particulares de segurança. Serão quase 4000 agentes nas ruas, para reprimir o povo durante as festividades de Carnaval.

Está claro que o governo quer impedir a manifestação popular, ainda mais em um estado que está sendo saqueado pelos golpistas e que enfrenta a intervenção militar já faz algum tempo.

Desde já é preciso organizar blocos de Carnaval que denunciem a repressão do regime, a ditadura que está se instalando contra o povo do Rio de Janeiro, que denunciem, em especial, o golpe de Estado e a direita, que sempre odiou o Carnaval.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas