Ataque ao futebol nacional
A ideia do fracassado técnico brasileiro e do virtuoso técnico estrangeiro são dos que querem transformar futebol em mercadoria
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
juergenklinsmann-estadosunidos-reu
O Treinador de futebol Alemão Jürgen Klinsmann | Foto: Agência Reuters

Seguindo a disseminação da ideia de incompetência dos técnicos brasileiros, foi apresentado como opção de técnico para o Flamengo o nome do treinador e ex-jogador Alemão: Jürgen Klinsmann de 55 anos, que teve sucesso enquanto jogador mais fracassos com a seleção alemã e norte americana. Para treinar o Time do Flamengo Klinsmann se mostrou muito interessado com a possibilidade de comandar o rubro negro da Gávea.

Além do alemão, outro treinador com experiência em seleções foi oferecido ao Flamengo. Trata-se de Javier Aguirre, que comandou o Leganés nesta temporada. O mexicano de 61 anos já comandou as seleções japonesa, mexicana e egípcia. Ele também treinou times como Atlético de Madrid , Zaragoza, Espanyol .

A questão dos técnicos estrangeiros é a continuidade da campanha contra o futebol brasileiro que é mantida de diversas formas, atacando torcidas, jogadores como Neymar e Gabriel Jesus (não por acaso negros), e permitindo que grandes empresas estrangeiras tomem conta do futebol brasileiro que é o caso do imperialismo no futebol, trazendo técnicos de fora para facilitar o domínio do futebol brasileiro pelos capitalistas, principalmente os europeus.

O futebol Brasileiro é o mais vitorioso do mundo, sendo penta campeão mundial (1958, 1962, 1970, 1994 e 2002). Tem também em sua história o melhor jogador de futebol de todos os tempos, o Pelé. O Clube de Regatas do Flamengo, por sua vez, é o time de maior torcida no mundo 33 milhões de torcedores, além de ser o atual campeão Brasileiro e da libertadores.

Vem apesentando um estilo de futebol que é reconhecido no mundo como tipicamente brasileiro, ofensivo de dribles, para os amantes do jogo algo de encher os olhos, Para os que querem imputar o “Complexo de vira-lata”  uma expressão criada pelo dramaturgo e escritor brasileiro Nelson Rodrigues, que se refere ao trauma sofrido pelos brasileiros em 1950.

Digo aos que querem torna algo tantas vezes campeã que é sinônimo de qualidade em uma mácula, fracassada e antiquada. São essas pessoas que pressionam o flamengo ao “complexo de Vira Lata”, ou seja, para se tornar um time vitorioso e se manter vitorioso é preciso de um técnico de futebol estrangeiro. Remédio indicado para os grandes times do futebol brasileiro.

Diminuir tornar frágil para controlar essa é a verdadeira intenção da disseminação da ideia de incompetência dos técnicos brasileiros e a contrapartida do suprassumo da competência estrangeira. Essa é a propaganda da Burguesia que é divulgada por sua imprensa.

Os mesmos que defendem essa posição são os que estão transformando o futebol em uma mercadoria para poucos, com a destruição dos estádios e a construção de arenas que superfaturam os preços dos ingressos excluindo o torcedor pobre, a imposição dos canais de Per-Per-View, sócio torcedores, horários das partidas de futebol incompatíveis com a realidade do trabalhador é uma grande é intensa campanha contra as torcidas organizadas que são o principal obstáculo de transformar o futebol algo para poucos.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Relacionadas