A verdadeira face criminosa
Bilionários viram suas fortunas aumentarem em um volume total de 3,9 trilhões de dólares entre 18 de março e 31 de dezembro de 2020.
bilionarios (1)
Jeff Bezos e Mark Zuckerberg | Foto: Andrew Harrer-Bloomberg /Stephen Lam-reuters/Exame
bilionarios (1)
Jeff Bezos e Mark Zuckerberg | Foto: Andrew Harrer-Bloomberg /Stephen Lam-reuters/Exame

Um novo relatório da ONG Oxfam escancarou que os grandes bilionários, cerca de 1.000 pessoas mais ricas do mundo, aumentaram ainda mais suas riquezas durante a pandemia de Covid-19 em apenas nove meses, entre fevereiro e novembro de 2020.

Os dados do relatório O Vírus da Desigualdade, apresentado durante o Fórum Econômico Mundial, nesta semana em Davos, na Suíça, revelaram que os bilionários escravagistas aumentaram suas fortunas em um volume total de 3,9 trilhões de dólares entre 18 de março e 31 de dezembro de 2020, segundo dados da própria Forbes e do Credit Suisse.

Bilionários como Bernard Arnault, a terceira maior fortuna do mundo, “ganharam cerca de 175 bilhões de euros (US$ 213 bilhões) no mesmo período”, diz a ONG britânica.

Relacionadas
Send this to a friend